Tecnologia em Automação Industrial

Duração do curso: 7 semestres

O tecnólogo em automação industrial é um profissional a serviço da modernização das técnicas de produção utilizadas no setor industrial, atuando no planejamento, instalação e supervisão de sistemas de integração e automação. Esse profissional atua na automatização dos chamados “processos contínuos” que envolvem a transformação ininterrupta de materiais, por meio de operações bio-físico-químicas. Na sua atividade de execução de projetos, instalação e supervisão de sistemas de automação são bastante empregados, tecnologias como controladores lógicos, sensores, transdutores, redes industriais, controles de temperaturas, pressão, vazão, atuadores eletro-pneumáticos, sistemas supervisórios, entre outros.

O que é um Curso Superior de Tecnologia:

  • É um curso de graduação, que abrange métodos e teorias orientadas a investigações, avaliações e aperfeiçoamentos tecnológicos com foco nas aplicações dos conhecimentos a processos, produtos e serviços. Desenvolve competências profissionais, fundamentadas na ciência, na tecnologia, na cultura e na ética, com vistas ao desempenho profissional responsável, consciente, criativo e crítico. Como todo curso de nível superior, o curso dessa natureza é aberto a candidatos que tenham concluído o ensino médio, ou equivalente, e que tenham sido classificados em processo seletivo. Os graduados nos CST denominam-se tecnólogos e são profissionais de nível superior com formação para a produção e a inovação científico-tecnológica e para a gestão de processos de produção de bens e serviços.

Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia:

Dados sobre o Curso:

  • Implantação do Curso: 2004.

  • Regime: Semestral

  • Turno: Noturno 

  • Duração: 7 semestres (3,5 anos) - máximo 11 meses.

  • Carga Horária Total: 2.400 horas

  • Vagas Semestrais: 35

Ementas por Semestre:

Matriz Curricular:


Fluxograma do Curso:


Projeto Pedagógico do Curso (PPC):


Atividades Complementares:

  • As atividades complementares são escolhidas livremente pelos alunos e devem contribuir para formação acadêmica devendo ser realizadas pelo aluno do primeiro ao décimo semestre letivo. 
  • É importante ressaltar que, deve haver uma adequação dessas atividades ao objetivo do curso. 
  • A realização dessas atividades deve oferecer ao estudante a oportunidade de complementação dos conteúdos vistos em sala de aula como forma de contribuir para a formação do egresso.
  • As atividades complementares deverão obedecer às prerrogativas estabelecidas pelas normas vigentes na instituição, perfazendo um total de 200 (duzentas) horas até o término do curso.
  • Após completar a carga horária o(a) aluno(a) deverá lançar as atividades complementares no sistema Q-Acadêmico e depois protocolar o pedido de atividades complementares com cópia de todos os certificados juntamente com o formulário do link abaixo.
  • Clique aqui para acessar o formulário.
  • Normativa do Campus.